segunda-feira, 26 de março de 2012

Jardins de Monet

Pra quem tem filhos como eu e que adoram arte e paisagismo, recomendo esta preciosidade: Linéia nos Jardins de Monet de Christina Bjôrk e Lena Andersen. Uma viagem ao jardim de Cottage na aldeia de Giverny, França, inspiração constante e residência do pintor Claude Monet. É possível visitar o local de trem partindo de Paris até a cidade de Vernon. A Casa Rosa hoje funciona como Museu e está aberta a visitas. Lá vocês encontrarão a tão famosa Ponte Japonesa e as Ninfeias de Monet. 
Infelizmente já tentei por várias vezes comprar o livro, mas sem sucesso. 
Tive o prazer de conhecê-lo através de uma amiga muito querida e fã de livros. Esta amiga inclusive fez este passeio que tanto quero fazer com meu Matheus e adorou!





Para quem não sabe: Jardim de Cottage  ou também conhecido como Jardim Inglês foi desenvolvido no século XVIII e teve influência do estilo dos jardins chineses e japoneses. É o oposto dos estilos francês e italiano que buscavam a simetria dos desenhos geométricos. O jardim inglês procura reproduzir a natureza dentro do espaço urbano, valorizando as paisagens naturais com formas orgânicas, curvas e relevos. Neste estilo não podem faltar a profusão de cores, a aparência de plantio aleatório com plantas borbulhando de todos os lugares, sendo densamente plantados com uma rusticidade que lhe é peculiar. A ideia que traduz é a de um jardim único com espécies normalmente plantadas pelo próprio dono a seu gosto.




Visite o site e saiba como visitar:  Fundação Claude Monet (Em Francês)
Jardins de Claude Monet
Rua Claude Monet, 84
Giverny – França








Nenhum comentário:

Postar um comentário